I-R-E-N-E

http://www.ireneillustrationshop.com/

Tenho andado um pouco afastada destas andanças, a verdade, é que cheguei a uma fase da minha vida em que, o tempo escasseia, e algo teve que inevitávelmente ficar para trás, por mais que a minha vontade fosse outra.
Se eu disser que o blog vai continuar igual estarei a mentir, mas prometo me esforçar para partilhar com vocês o que acho que merece ser partilhado...

A marca que vos vou apresentar é um desses felizes casos, uma marca multicultural, com o seu quê de português, um marca cheia de estilo, vida e cor.

"A IRENE surge de um desejo inadiável da designer e ilustradora Irene Filipe em transpor o seu imaginário ilustrado para peças do quotidiano, partilhando a sua paixão pelas cores, pela beleza que encontra nas formas da natureza ou o seu fascínio por padrões e texturas."
As cores vibrantes, os padrões africanos, a riqueza dos povos com as suas crenças e mitos, a música e os sabores de cada lugar, as viagens onde busca inspiração e a rica multiculturalidade inerente à sua família e vivências definem a sua identidade e influenciam os seus projectos com uma linguagem forte e muito própria."

E vocês? Vão resistir à Irene?

Eu não vou conseguir, pelo menos uma capa para o iphone e  uma t-shirt vou ter que adquirir!

#selfie

http://www.choies.com/product/oversized-coat-in-houndstooth?cid=2318
http://www.choies.com/product/oversized-coat-in-houndstooth?cid=2318
http://www.choies.com/product/oversized-coat-in-houndstooth?cid=2318
http://www.choies.com/product/oversized-coat-in-houndstooth?cid=2318

coat HERE | t-shirt & jeans ZARA | shoes STRADIVARIUS | sunnies EBAY


I'm back :)

Depois de quase duas semanas doente e cheia de trabalho, eis que estou de volta para partilhar com vocês este look de fim de semana.  
Agora com o regresso dos dias mais compridos será muito mais fácil fotografar, basta só torcer para que a chuva nos dê umas tréguas. 

Foi por causa destas mudanças de temperatura que adoeci e como tal, não me quis colocar hoje totalmente à fresca e recorri a este casaco, que apesar de comprido não é assim tao quente, o que o torna ideal para estes primeiros dias de primavera, o padrão "pied-de-poule" é um clássico, desde pequena que vejo peças da minha mãe com este padrão pelo que não lhe pude resistir.

Gostam?


Kish-a-day # 2


1 -Um amor à primeira vista by River Island
2- New season, new purse!  #stradivarius
3 - O início de uma bela gripe...
4 - A inscrição num novo ginásio <3
5 - Leite com mel para a garganta acalmar :/
6 - Cházinho meu amigo durante as horas de trabalho, já não há paciência para o festival de tosse
7 - New in by #lefties
8 - This shoes are made for walking in style. #stradivarius
9 - Cheat meal with my boo!
10 - Work hard, train hard, even when you're sick!
11 - Sushi time!
12 - Another ally :)
13 - Selfie of the week!

Música da semana:

Muita, muita pena por não poder ir ver a Queen B, 
mas concertos a meio de uma semana de trabalho?
Fuck it!



Vans please!

http://www.spartoo.pt/Vans-b52.php#rst

Quando penso na última trend,  as sapatilhas slip on, sou automaticamente reencaminhada para uma marca, a Vans. Já usei este modelo e do que me lembro adorei o conforto daqueles tempos. 

Hoje em dia, o slip on não cai lá muito nas  minhas graças mas a Vans não deixou de nos mimar com outro modelo, um mais tradicional mas super feminino. Estas são algumas das novas apostas para a nova colecção, padrões super veranis e vibrantes. 

Pessoalmente adoro o modelo multicolor. E vocês?



Dieta das Princesas


Não comprei este livro por acaso, a verdade é que já tinha visto a capa no instagram,  e o título que é diferente e de algum modo apelativo, fez com que cosiderasse adquirir.

Comprei o Dieta das Princesas por impulso, por estar a atravessar uma fase da minha vida em que quero mais e melhor para mim, não o comprei para ler as receitas, 99% das vezes torço o nariz a receitas saudáveis que se encontram nos livros do tipo. Comprei porque achei que de algum modo devia tentar perceber o porquê de às vezes comer algo que faz tão mal, identifiquei-me com a autora, porque eu também já usei um 44 de calças, e agora uso um 36.

O livro em si foi uma agradável surpresa, é um diário de bem estar da Catarina Beato, a epítome de uma vida de maus hábitos alimentares. Identifiquei-me muito com a autora, e foi através do livro que cheguei a conclusões que fizeram todo o sentido e sobre as quais ainda não tinha versado. 

Para falar a verdade creio que fugia a esse pensamento,  o porquê de comer por impulso comida hipercalórica, dei-me conta que o faço porque acho que mereço alguma compensação por algo que me corre mal na vida, no momento ou no dia. 

Procuro compensação no mal... e isso a longo prazo prejudica-me. O livro pessoalmente ajudou-me a perceber que quando tenho aquela vontade doida de comer um folhado, e atenção não os bani da minha vida, essa vontade não passa mais de um capricho, e que a minha vontade acima de tudo é estar bem comigo mesma e não é aquele pastel que me vai fazer feliz.